segunda-feira, 27 de março de 2017

Forma

* Por Núbia Araujo Nonato do Amaral


A gente nasce, cresce
agoniza e perece.
O sol, que não se dá
conta, continua a brilhar.
A chuva, companheira,
rega tudo o que sobrar.
O ser, que luta pra viver
rasga a terra e busca
florescer e assim começa
tudo de novo.
Somos seres criados e
esculpidos pela forma
mais perfeita que há, Deus.

* Poetisa, contista, cronista e colunista do Literário


Um comentário:

  1. Ah, as formas! Durante anos estive de olho no pé de feijão.

    ResponderExcluir